Regionais

Operação Cariri: Integrantes de organização criminosa são presos em Nova Russas e Novo Oriente.

Neste sábado (20), a Polícia Civil de Sergipe informou que desarticulou uma organização criminosa especializada em crimes contra o patrimônio, realizando fraudes contra contra correntistas e instituições financeiras em Sergipe e também em outros Estados. A “Operação Cariri”, como foi chamada, prendeu 11 pessoas e outras duas estão foragidas.

A operação desenvolvida pelo Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE) concluiu que em dois golpes, registrados entre julho e setembro de 2016, o prejuízo foi superior a R$ 1 milhão em Sergipe.

A operação também ocorreu nos estados do Rio de Janeiro, Ceará, São Paulo e Pernambuco com o apoio de 30 policiais civis do COPE e da Divisão de Inteligência (DIPOL), além de equipes das polícias Militar e Civil dos quatro estados.

Na cidade do Rio de Janeiro a operação foi deflagrada na terça-feira (16), com a prisão de três criminosos flagrados com documentos falsos e diversos cartões clonados. Na quinta-feira (18) nas cidades de São Paulo (SP), Novo Oriente (CE),Nova Russas (CE) e Fortaleza (CE), com sete pessoas presas, diversas conduções coercitivas e cumprimentos de mandados de buscas e apreensões. Na sexta-feira (19), na cidade de Araripina (PE), as equipes do COPE efetuaram a prisão de mais um integrante.

Em Novo Oriente, além das prisões cumpridas em razão dos mandados expedidos pela Justiça Sergipana, também houve duas prisões em flagrante delito e homologadas pelo Juízo Criminal daquela Comarca. A polícia ainda apreendeu vários equipamentos utilizados para a prática dos crimes, cartões magnéticos clonados, além de veículos e outros bens que foram identificados como proveito do crime.

(Do G1)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!