Regionais

Vereador quer proibir o uso do capacete durante a noite em Santa Quitéria.

Com registro de vários homicídios somente este ano, sem falar na crescente onda de assaltos a mão armada e a estabelecimentos comerciais, o município de Santa Quitéria registra um dos mais chamativos índices de violência da região norte do estado.

Preocupado com a insegurança que amedronta os quiterienses, o vereador Manjado Timbó (PTB) protocolou na Câmara Municipal, um projeto de lei que proíbe o uso do capacete na cidade de Santa Quitéria, no período compreendido entre 18h e 6h.  Segundo o parlamentar o uso do capacete faz com que pessoas mal intencionadas se camuflem e possam agir com mais tranquilidade, dificultando a identificação e com a aprovação desta medida, venha a facilitar o trabalho da Polícia.

Em postagens nas redes sociais algumas pessoas disseram que não acreditam que a medida não reduziria o crime na cidade.”O problema não é o uso de capacete, mas sim o pouco efetivo policial que nos temos”, disse um morador. Ele ressaltou que sem capacete, poderiam aumentar o número de mortes por acidentes envolvendo motocicletas.

O projeto de Lei é polêmico já que descumpre artigos do Código Brasileiro de Trânsito, que determina a obrigatoriedade do uso do capacete motociclístico pelo condutor e passageiro. O diretor do departamento de trânsito do município e também advogado Dr. Luiz Carlos Ribeiro de Morais, disse que o município e o estado não tem competência para legislar sobre a matéria, já que a lei é federal.

Segundo ele, ano passado foram 35 mortes por acidente de trânsito na área que compreende o município. Depois das ações de fiscalização, esse ano o número caiu pra cinco mortes. Em sua grande maioria, os condutores não usavam o capacete ou estavam com ele de forma inadequada e somente a fiscalização veio a regularizar e diminuir as mortes por acidente no município.

(Redação do Blog com informações de Thiago Rodrigues)

 

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!