Regionais

63 milhões do precatório do FUNDEF são depositados para professores de Boa Viagem.

O Governo Federal disponibilizou para os cofres de Boa Viagem, 63 milhões de reais que deverão ser investidos em Educação, dinheiro referente ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental (Fundef). A Prefeitura de Boa Viagem através da prefeita Aline Vieira divulgou um vídeo nas redes sociais anunciando que os 60% serão investidos nos professores e os outros 40% na educação. Os valores deverão ser depositados nas contas bancárias após um plano de aplicação dos recursos. 

Economia aquecida

Quem comemora a chegada destes recursos sem duvidas é o comércio local, movimentado mensalmente por professores e aposentados da educação, o montante deverá circular quase que inteiramente em Boa Viagem.

Vereador contesta aplicação de recursos e sugere coletividade diante do montante

De acordo com nota do vereador Adelmo Rodrigues, o recurso sem duvidas já estaria sendo depositado em abril de 2018, o parlamentar defende a divisão proporcional para professores de 1998 a 2018 e quem tem maior tempo de serviço receba a quantia em maior valor. 

Adelmo ainda defende que os concursados anteriores a 1998 sejam contemplados e, os concursados dos anos 2000, 2007, 2015 também; bem como os aposentados.

Ainda em sua defesa, o parlamentar sugere que os professores que atuaram entre 1998 a 2018 e faleceram; suas famílias têm o direito a quantia que lhes cabe.

”E por ultimo os contratados, estes também deram e dão suas contribuições ao município. É um valor considerável, que pode a todos contemplar e deixarem satisfeitos, sem excluir nenhum colega professor, quem trabalhou um tempo maior que receba um valor maior, quem trabalhou período menor, que receba quantia menor, atendendo a proporcionalidade.” Conclui.

(Com Sert News)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!