Regionais

Situação hídrica de Boa Viagem e Monsenhor Tabosa se complicam após fim da quadra invernosa.

Depois de findado o período da quadra invernosa no Ceará, municípios como Monsenhor Tabosa e Boa Viagem, apesentam situação delicada para o abastecimento de água da população no ano de 2018. 

Algumas cidades não receberam chuvas suficientes para melhoria do nível de água dos reservatórios e serão contempladas com obras de poços profundos e adutoras. As medidas estão no planejamento da Secretaria de Recursos Hídricos do Estado em parceria com o Ministério da Integração Nacional.

Os dados registrados pela Funceme apontam que neste ano, houve a melhor quadra chuvosa no Ceará desde 2011.

Em Monsenhor Tabosa, 22 poços estão suprindo a demanda na cidade. Recentemente cinco poços foram perfurados e serão usados para alimentar a rede de abastecimento. Para garantir o abastecimento até o final deste ano, serão perfurados mais 13 poços.

Em Boa Viagem, a cidade também está sendo abastecida por poços. No dia 15 deste mês, foi assinada ordem de serviço para construção da adutora Umari/Boa Viagem.

Aportes

As chuvas neste ano levaram a significativos aportes nos reservatórios do Ceará. Dos açudes monitorados: 17 sangraram, 30 ficaram acima de 90% de seus volumes, 83 estão com acúmulo inferior a 30% e cinco estão completamente secos.

Safra

No campo, a notícia é mais positiva, pois, segundo o relatório da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), a produção de amendoim, arroz, feijão, mamona, milho, algodão herbáceo e sorgo deve registrar crescimento de 29,38% em relação a 2017. A expectativa é que sejam colhidas 730.409,82 toneladas de grãos, com destaque para o sorgo forrageiro, que deve liderar, com 2.135,82 toneladas, 136% a mais do registrado ano passado. Já a produção do algodão herbáceo deve atingir 1.113,55 toneladas e crescer 120,26%.

(Redação do Blog Por Dorismar Rodrigues)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm