Regionais

Fazenda em Santa Quitéria é a pioneira em genética bovina nos Sertões de Crateús.

Uma das principais preocupações para os pecuaristas é manter o seu gado, sempre dentro de um padrão de alto desempenho e de qualidade, e uma das tendências que está se expandindo no mercado bovino brasileiro é o melhoramento genético do rebanho, dentro de um trabalho minucioso e complexo.

Em Santa Quitéria, os criadores contam com a Fazenda Riacho Novo, de Nonato e José Terceiro Muniz, que são os pioneiros na região a adotarem a tecnologia de genética bovina, com a “CN Genética Bovina”.

A empresa trabalha com vendas de sêmen e inseminação artificial com protocolo em IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo), em parceria com a Araucária Genética Bovina, que já tem 25 anos de experiência no ramo.

Para Nonato, é uma grande inovação para a região, ao trabalhar com animais de alta linhagem na propriedade, aperfeiçoando as técnicas de seu pai, José Terceiro e já aguardando para colher os frutos no início do próximo ano, com o nascimento dos primeiros bovinos.

José Terceiro, também confiante, acredita no potencial da genética e gera expectativa para a melhoria dos outros potenciais da fazenda, como a produção de leite e a prospecção de vendas de mais animais. “Queremos abranger toda a região e estamos à disposição para atender qualquer criador”, ressalta.

(Redação do Blog Por Thiago Rodrigues)
Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm