Regionais

Sindicato de Nova Russas entra na Justiça contra prefeitura e empresa que recolhe o lixo, por atraso de salários

No último dia 14 de setembro, a assessoria jurídica do SEEACONCE (Sindicato de Empregados e Empresas de Asseio e Conservação, Locação e Administração de Imóveis, Comerciais, Condomínios e Empresas Públicas do Estado do Ceará) entrou com uma ação na Justiça do Trabalho contra a empresa prestadora de serviços de Limpeza Pública de Nova Russas P2 Engenharia e Construção Civil LTDA e contra a Prefeitura Municipal  pela falta de pagamento dos profissionais que executam a limpeza da cidade.

A ação de Nº 002053.2018.07.000/9 solicita a Justiça do Trabalho que a partir de agora os trabalhadores tenham todos os seus direitos assegurados, dentre eles, além do pagamento rigorosamente em dia, o direito a insalubridade, vale alimentação, sexta básica, café da manhã e ao PRL- Participação nos Lucros e Resultados da empresa.

O jogo de empurra, empurra da prefeitura com a empresa no pagamento dos garis que chegou a quase três meses de atraso, não vai funcionar com a ação que tramita na Justiça do Trabalho. Os profissionais , mesmo em condições precárias vem executado seus trabalhos e necessitam dos seus salários para sustentarem suas famílias.

De acordo com o Portal da Transparência dos Municípios que foi atualizado no último dia 29 de outubro, a prefeitura fez seu último repasse, no valor de R$ 20 mil reais para a P2 Engenharia e Construção Civil LTDA em 11 de setembro deste ano. No portal, é possível perceber que a demora nos repasses por parte da prefeitura para empresa tem ocasionado o atraso nos pagamentos.

Espera-se que o gestor ou sua assessoria de imprensa venha a público esclarecer quando será efetivamente colocado em dias os salários dos garis.

A TEMPO.

A empresa é a mesma que realiza em Tamboril o serviço de limpeza pública, onde também, segundo os próprios garis, há atrasos de pagamentos.

(Redação do Blog Por Reginaldo Silva)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!