Regionais

Vereadora Jardelina solta o verbo e critica a falta de ação da gestão Pedro e Bibi; Ouça

Única mulher no parlamento tamborilense, a vereadora Jardelina Torres (PDT) usou a tribuna da câmara Municipal na sessão ordinária da sexta-feira, 1º de fevereiro, para fazer cobranças e criticar o que ela classificou como falta de ação da gestão Pedro e Bibi, em relação a vários aspectos.

Por quase 20 minutos, a vereadora expôs fatos relacionados a educação e a saúde do município. Segundo a parlamentar, ela tem sido procurada por moradores do distrito pela ausência de medicamentos. Um dos medicamentos seria para convulsão, onde para poder ter acesso ao remédio, os pacientes teria que comprar.

Ela citou a questão das operações divulgadas pelo município e fez um comparativo com o que é feito hoje no Hospital de Tamboril, que segundo ela são cirurgias de sinais e outros casos simples. Já na gestão passada, mensalmente eram realizadas cirurgias delicadas e de procedimentos mais avançadas.

“Em sucesso não consigo encontrar uma obra da gestão em Sucesso” pontou a vereadora.

Sobre a educação, a vereadora ressaltou sua participação na semana pedagógica, como professora do município. Ela fez criticas ao reajuste do MEC de 4,7% dado aos professores. A situação é triste em todos os municípios.

Jardelina, relatou situações vivenciadas como professora em uma escola do Distrito de Sucesso. Ela criticou a falta de dialogo do poder público municipal com professores e a comunidade escolar.

Ele deu como exemplo a situação de lotação dos professores do distrito. Onde infelizmente, não houve diálogo. Jardelina disse que a lotação dos professores foi uma coisa onde professores receberam a notícia sobre onde iriam lecionar, sem sequer ter a oportunidade de debater uma melhor flexibilidade em seu horário, para poder preparar aulas com mais qualidade.

Ela criticou a seleção dos professores temporários e disse que em algumas escolas, há aulas vagas pela falta de professores. “A seleção realizada pela prefeitura poderia ter acontecido antes das aulas terem início, mas infelizmente, não houve preocupação com a situação e os prejudicados são os alunos que perdem aula.” Disse.

Jardelina, foi emblemática e objetiva em sua fala. Em tom educado e sem ofender nenhum parlamentar, ela soube montar seu discurso e dar seu recado de forma coerente e pacífica.

A fala completa da vereadora pode ser ouvida no player abaixo.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm