Segurança

Ceará reduz roubos de veículos em mais de 50% em janeiro; furtos também acompanham balanço positivo

Durante o primeiro mês de 2019, as forças de segurança mantiveram os números positivos em relação aos roubos e furtos de veículos no Ceará. Assim como em 2018, que fechou em queda, janeiro registrou uma diminuição de 54,3% nos roubos e de 29,6% nos furtos de veículos, em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados são da Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública do Estado do Ceará (Supesp), vinculada da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Os roubos de carros e motos, que eram de 891 registros no primeiro mês do ano passado, reduziram para 407 casos neste ano. Já nos furtos, o balanço que era de 379, em janeiro de 2018, diminuiu para 267, no mesmo período de 2019.

Outro dado positivo é a representatividade de veículos localizados em relação ao total de carros e motos subtraídos em ações criminosas no Ceará. Em janeiro de 2019, a porcentagem foi de 94,1%, quando a atuação ostensiva da Polícia Militar e as investigações desencadeadas pela Polícia Civil culminaram na recuperação de 634 veículos com restrições de roubo e furto. Foram subtraídos 674 bens automotores durante os 31 dias do mês.

Para o secretário André Costa, a estatísticas positivas se devem aos investimentos feitos em tecnologias, como o Sistema Polícia Indicativo de Abordagem (Spia), que atua baseado no combate à mobilidade do crime. “Este é um conceito científico criado no Ceará, que parte do pressuposto que quase todos os crimes são praticados dentro de carros ou a bordo de motocicletas”, ressalta o secretário. O gestor atribui ainda que os números são resultados da ampliação do sistema de videomonitoramento e da integração de câmeras pertencentes à União, ao Estado e aos municípios.

“Nós tínhamos antes 164 câmeras. Hoje, são mais de 3.200 equipamentos em 44 cidades e iremos ampliar ainda mais neste ano de 2019. Se a gente consegue ter um controle maior da circulação de veículos, a gente também tem um controle maior sobre a criminalidade”, disse.

Combate à mobilidade do crime na prática

Na última segunda-feira (11), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou uma ação, ocorrida no domingo (10), que mostrou na prática o que representa o combate à mobilidade do crime e como isso tem impactado na melhora das estatísticas criminais. Em uma ação protagonizada por policiais militares do Patrulhamento Ostensivo Geral (POG) e pelo Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia), no bairro São Gerardo – Área Integrada de Segurança 4 (AIS 4), três assaltantes foram presos a bordo de um Chevrolet Celta utilizado em roubos na Capital.

Após ter a sua placa inserida no Spia, os sensores do sistema detectaram a presença do veículo em uma avenida da região e a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) repassou os dados para as composições da Polícia Militar, que patrulhavam a área. Com isso, os policiais militares montaram um cerco estratégico e abordaram os suspeitos. Com as prisões, um veículo roubado pela manhã foi localizado no estacionamento de um supermercado, no bairro Serrinha (AIS 5). Os criminosos foram autuados em flagrante e o bem foi restituído à vítima.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Redes Sociais

Feiticeiro Fm