Segurança

Com armas de grosso calibre, dupla promove assalto e terror na zona rural de Tamboril

Se antes a zona rural era lugar de tranquilidade e sossego, a situação mudou muito e agora morar no interior é sinônimo de alvo fácil para assaltos. O lamentável índice que comprava essa realidade e noticiada diariamente meios de comunicação.

O caso mais recente, aconteceu na noite deste feriado de São José, na localidade de Aprazível, zona rural de Oliveiras, distante a 45 quilômetros da sede do município. Dois homens armados e encapuzados, promoveram um assalto com promoção de terror e ameaças em um clube de festas. Os dois homens chegaram ao local e efetuaram vários disparos em um veículo Fiat Strada, que estava estacionado no local. Em seguida anunciaram o assalto e abordaram José Welton Araújo Pereira, 28 anos, morador do distrito de Oliveiras. Dele tomaram de assalto a quantia de R$ 1.070,00 (mil e setenta reais).

Segundo pessoas que presenciaram o fato, a dupla estava agitada e os assaltantes agiram dando a entender que sabiam que a vítima estaria com aquela quantia em dinheiro. “Tudo leva a crer que foi parada dada e os autores sabiam que a vítima estava com aquela quantia em dinheiro no local” disse o sargento Glaubio que comandou a composição que realizou as buscas na região.

Na fuga os dois homens tomaram de assalto uma moto Bros, branca, de placa PNH 0129. O veículo pertence a um morador do Distrito de Ematuba, na zona rural de Independência. Ele passava no momento do assalto e acabou se tornando uma vítima da ação da dupla.

“Foram momentos de muito terror, eles atiraram e agiam como se fossem matar alguém” disse um leitor a nossa reportagem. Segundo as informações, um outro rapaz, foi atingido por um disparo de raspão. A dupla usava armas calibre 12 e fugiram sem serem localizados.

“O local é de difícil acesso, são 45 quilômetros de estrada de chão, em algumas partes há trechos ruins, e quando chegamos lá, a dupla já tinha fugida. Conversamos com a vítima , algumas pessoas nos passaram informações, mas devido o local também dar acesso para várias região fica impossibilitado a polícia dar uma resposta para esse caso” ressaltou o sargento Glaubio. 

“Cabe a população ajudar a polícia e denúncias com informações” completou.

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Alerta: Conteúdo protegido !!