Destaques

Ceará registra chuva apenas em três municípios neste fim de semana

As chuvas vêm perdendo intensidade neste começo de maio, no Ceará, conforme os dados registrados pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). No sábado (4), apenas Maranguape, com 2,8 mm, e Acarape, com 6 mm, tiveram registros de precipitações. Neste domingo (5), choveu somente em Quixeramobim, que registrou 25 mm.

Foi a primeira vez no ano em que o Estado atravessou um dia inteiro com chuva em apenas um município. A última ocasião semelhante ocorreu em 27 de dezembro do ano passado, quando a Funceme observou pluviometria somente na cidade de Icapuí (55 mm).

O volume médio histórico para este mês, conforme dados da Funceme, é de 91 mm. “Se vier a acontecer essa marca no último mês da quadra, poderemos ultrapassar a média histórica”, aponta o meteorologista do órgão, Raul Fritz.

Fevereiro, mês em que se inicia a quadra chuvosa no Estado, registrou 172.6 mm de precipitações, 45.5% a mais do que a média. Já março ( 235.1 mm) teve um aumento de 15.6% se comparado com a média histórica para o período. Abril, quando a média histórica para a quadra chuvosa do Estado foi alcançada, a Funceme observou 194 mm de precipitações.

Açudes ainda preocupam

Apesar da média histórica de chuvas ter sido atingida faltando cerca de um mês para a conclusão da quadra chuvosa no Ceará, o aporte dos principais açudes cearenses é motivo de preocupação.

Os reservatórios monitorados pela Companhia da Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) registravam, até este domingo (5), 20,67% da capacidade. Dos 155 açudes monitorados, 34 estão sangrando ou já sangraram, seis estão acima de 90% e 73 ainda estão com volume abaixo dos 30%.

A maior preocupação é com o Centro-Sul e o Sertão Central do Estado, onde as chuvas não têm tido a mesma intensidade como nas demais regiões. São nestas áreas que estão localizados grandes mananciais como o Orós (9.5%), Banabuiú (7.97%) e, o Castanhão, maior reservatório do Ceará, que acumula apenas 5.44% de sua capacidade total.

(Com Diário do Nordeste)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm