Destaques

Inadimplência de micro e pequenas empresas cresce 2,1% no Ceará

O Ceará apresentou uma das menores altas no número de micro e pequenas empresas com dívidas atrasadas do País. Comparando a quantidade de empresas nessa situação em março de 2019 comigual período do ano passado, o Estado demonstra um aumento de 2,1%, passando de 126.322 para 128.998 inadimplentes. No cenário nacional, 5,3 milhões de MPEs se encontram em situação de inadimplência. O número é o maior da série, que foi iniciada em 2016. Os dados são da Serasa Experian.

Os dados colocam o Ceará na 22ª posição no ranking nacional, duas posições na frente dos estados do Rio Grande do Norte, Alagoas e Piauí, que apresentaram queda desse percentual.

Das regiões, o Nordeste concentrou a menor alta (3,4%). Na região, o estado que apresentou o maior crescimento no número de MPEs inadimplentes foi a Bahia, com um aumento de 6,6%.

Por segmento, o setor de serviços foi o que mais deixou de pagar as contas em dia, com alta de 11,6% comparado à março do ano passado. Em seguida vem a indústria (3,2%) e o comércio (2,8%).

A inadimplência atingiu também as empresas de grande porte, atingindo 5,7 milhões de empresas em março deste ano. Esse número representa uma alta de 0,8% em relação a fevereiro de 2018.

(Diário do Nordeste)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm