Segurança

“Golpe do Português” pode está sendo aplicado em Tamboril e na Região

Muitas pessoas no interior do Ceará podem ainda não conhecer o “Golpe do Português”. Ele já vem sendo aplicado em vários estados do Nordeste e esta semana começou a fazer vítimas aqui no Ceará, em Juazeiro do Norte, na região do Cariri, pessoas já registraram queixas sobre o estelionato.

O golpe que é aplicado por um Português, bem vestido e sem levantar qualquer suspeita, consiste na apresentação de produtos de marcas famosas e importadas. Os produtos com selo Europeu rapidamente encantam os expectadores.

Sem desconfiar de nada as vítimas disseram à polícia em depoimento que a primeira peça a ser oferecida é um faqueiro importado da marca Solinger, “banhada a ouro”. Na sequência, o golpista apresenta um “lindo casaco de couro legítimo”. Os preços iniciais – fora da realidade de muitos – causa espanto. Porém, essa é apenas mais uma etapa da trama. O golpista explica que o acervo é composto por peças nobres, mas logo trata de reduzir – lentamente – a pedida inicial, sobre a justificativa de que são peças remanescentes da exposição e que não compensa regressar a Portugal como elas, devido aos altos impostos alfandegários. O “show” segue. Como prova de qualidade, o homem “põe fogo no casaco” despertando, ainda mais, o interesse do cliente que a esta altura já está seduzido pelos preços quase quatro vezes menor do valor ofertado no mercado convencional.

Foi dessa mesma forma que ele passou em Tamboril na manhã deste sábado (1), e fez a apresentação dos produtos. Leitores do blog informaram que o Português, andava em um veículo Cruze Sedan, acompanhado de uma mulher e uma criança. Varias pessoas foram abordadas pelo “golpista”.

Nossa reportagem pesquisou sobre o golpe e descobriu que uma das vítimas decidiu adquirir vários produtos acreditando serem importadora. O valor de R$ 4 mil foi pago em dinheiro e cheque. Achou a vítima que teria comprado algo de grande excelente qualidade. Horas depois a vítima procurou se certificar de que teria feito um bom negócio e pesquisa na internet os preços e produtos adquiridos. Logo nas primeiras buscas, a certeza de que ele teria comprado gato por lebre, ou, plástico sintético chinês por couro legítimo. Ao avançar nas buscas, encontra também depoimentos de outras centenas de vítimas Brasil a fora e toma consciência do golpe.

Uma outra vítima disse que o golpista é profissional.  Sabe conversar e convencer aqueles que se encantam com o produto. “Ele já chega colocando fogo no material com um isqueiro, e falando que as jaquetas ele estava vendendo por R$ 1000,00, mas como só tinham sobrado algumas peças ele vendia 5 por 10, chegou a oferecer 12 por R$ 1200,00, e informava que uma jaqueta semelhante custava cerca de R$ 1500,00 nas lojas e o que encarecia era as taxas de importação.

A vítima conta que acabou gostando de uma jaqueta e pagando por ela R$ 150,00. O modelo, corte e costura do material são impecáveis o que demonstrava realmente ser de boa qualidade. Só fui descobrir que de couro nada tinha quando olhei no interior dos bolsos e vi que era o famoso couro vegetal (material sintético que imita perfeitamente o couro).

Em Tamboril, o Português tentou aplicar o golpe no dono de uma Farmácia, mas este não caiu na lábia do golpista. Já um outro comerciante, achou o preço de um perfume importado em conta e comprou. Ao confirmar a compra do produto a nossa reportagem, ele disse que até agora o perfume está cheirando e riu da situação.

O homem em questão, seguiu viagem tomando rumo ignorando. Segundo para outras cidades da região.

A polícia judiciária disse que as pessoas que se sentirem lesadas ou enganadas devem registrar Boletim de Ocorrência em relação ao caso para que se abra investigação.

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Alerta: Conteúdo protegido !!