Regionais

Cartório eleitoral de Tamboril segue com o processo de biometria até 27 de setembro

Os eleitores de Tamboril continuam a realizarem o cadastro biométrico no Cartório Eleitoral da Comarca do Fórum do município. O procedimento é obrigatório e válido para todos os eleitores, inclusive aqueles que não exercem mais o voto, seja por idade avançada, ou problemas de mobilidade ou deficiência. Para fazer o cadastramento biométrico, o eleitor deve se dirigir ao cartório eleitoral da sua cidade, ou seja, o eleitor de um município não pode ser atendido em outro, a não ser que deseje transferir sua inscrição eleitoral. 

O cadastramento biométrico é realizado para dar maior segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Durante os trabalhos, são capturadas as impressões digitais dos dedos das mãos do eleitor, colhida sua assinatura e tirada uma foto. Esse momento é importante também para atualizar os dados cadastrais (endereço, telefone para contato, etc). Com o cadastramento biométrico, o eleitor passa a se identificar apondo sua digital no microterminal da urna eletrônica, não precisando mais aditar sua assinatura no Caderno de Votação.

Em vários municípios do Estado, os eleitores podem contar ainda com a comodidade do serviço de agendamento. Através do Disque-eleitor (148) ou pelo próprio site do TRE, o cidadão pode escolher o dia e horários mais convenientes para ser atendido. Para verificar se seu município atende por agendamento, acesse diretamente o sistema de agendamento, a qualquer momento, ou ligue para o nº 148, de segunda a sexta-feira, de 7 às 19h. Agilize seu atendimento tendo em mãos o seu título de eleitor.

Documentação necessária (originais):

Documento de identificação oficial com foto;
Comprovante de endereço atualizado;
Título de eleitor, se tiver;
CPF, se tiver;
Comprovante de quitação com o serviço militar (para primeiro alistamento de pessoas do sexo masculino, com idade entre 18 e 45 anos).

No Ceará, os municípios que passaram pela biometria ordinária tiveram votação mista nas Eleições 2018, ou seja: quem se cadastrou biometricamente, votou com a identificação biométrica, enquanto os demais foram identificados pelo modo tradicional. Em cada seção de votação, a urna eletrônica, com leitor biométrico, foi a mesma para os dois tipos de identificação.

Porém, a partir do próximo ano, quando ocorrerão as eleições municípios, todos os eleitores votarão com o uso da biometria, dai, se faz necessário e obrigatório a realização do cadastro biometrico. Importante salientar que as pessoas que já efetuaram o procedimento não precisam mais fazer. A ação é exegida apenas para quem ainda não cadastrou sua “digital”.

Em Tamboril, o atendimento acontece de segunda à sexta-feira, de 08 as 17h. O procedimento dura aproximadamente 10 minutos. O Cartório eleitoral do município lembra que os eleitores tem até o dia 27 de setembro para fazer a biometria, depois dessa data, quem não tiver feito terá o título cancelado e poderá ter problemas em várias atividades do cotidiano, como por exemplo: 

– Não poderá votar;

– O cidadão ficará impedido de receber salários ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo;

– Não poderá tirar o passaporte;

– Não será possível se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles;

– Com o título cancelado, não poderá renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo;

– O cidadão que tiver seu título cancelado não poderá obter o certificado de quitação eleitoral, de acordo com disciplina a Res.-TSE nº 21.823/2004;

– Não poderá participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias;

– Ficará impedido de concorrer às eleições;

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Alerta: Conteúdo protegido !!