Segurança

A caçada sem fim à “Zé do Valério” continua e novas pistas são encontradas

A mais de uma semana, as informações sobre o paradeiro de “Zé do Valério” andam escassas. O vaqueiro criminoso, está sendo procurado desde o dia 24 de abril, quando matou a universitária Daniele Oliveira de 20 anos, em um sítio na zona rural do município de Pedra Branca.

Informações divulgadas pelo repórter Tony Sales, apontam que o acusado continua em terras piauienses, próximo à divisa com o Ceará. Segundo ele rastros do criminoso foram encontrados na localidade de Santa Rosa, próximo à Carnaubal, local onde ele trocou tiros com Agentes da Guarda Civil de Crateús há alguns dias.

De acordo com as informações, no local onde ele passou, foi encontrado também um apiário, ele o revirou, mas não havia mel no local. O vaqueiro raspou restos de um enxu de abelha para se alimentar.

Muitos são os questionamentos a cerca do mesmo. Não se sabe como ele tem aguentado sobreviver esse tempo todo na mata. Pouca água e comida. Talvez, sobrevivendo a custa da matança de algumas aves. Há também quem diga que o mesmo não está mais vivendo. Porém, as evidências encontradas na região apontam que “Zé do Valério” está ainda na região.

Quem também continua por lá, são tropas policiais, principalmente do Piauí, que continuam as buscas na tentativa de prender o já famoso “Zé do Valério”.

(Com informações de Tony Sales)

 

Compartilhe:

Comente com Facebook

Redes Sociais

Feiticeiro Fm