Segurança

Roubos de carros reduzem 48% no Ceará

Pelo 26° mês seguido, o Ceará reduziu os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) em todo o seu território. O recorte que mais se destaca são roubos de veículos que, durante os sete meses de 2019, registrou uma queda de 48%. Outro dado positivo é o de veículo recuperado, na sua grande maioria, por meio de cercos inteligentes realizados pela Polícia Militar do Ceará (PMCE) com o apoio do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia) e do videomonitoramento. Este é mais um balanço positivo divulgado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que, na última terça-feira (13), também apresentou os dados que mostraram que o Ceará chegou ao seu 16° mês de redução nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI).

Nos sete meses de 2019, os roubos de veículo no Ceará caíram 48%, indo de 5.738 para 3.010. A estatística favorável também foi registrada em todos os meses deste ano. Em julho último, por exemplo, o trabalho das forças de segurança aliada ao uso inteligente de ferramentas desenvolvidas pela Segurança Pública cearense resultou na queda de 42%, indo de 696 crimes para 401. Em junho, a diminuição foi de 41%, indo de 768 para 454. Em maio, foram 50% a menos, passando de 860 para 429. Em seguida, vem o mês de abril, que passou de 816 casos para 442, o que corresponde a uma redução de 46%. A retração aconteceu também em março, quando os 913 roubos de carro de 2018 caíram para 472 neste ano, correspondendo a uma redução de 48%. Em fevereiro, a queda foi de 49%, indo de 794 para 405. Por último, ficou janeiro, que registrou a maior queda percentual em um mês, com 54% de diminuição, saindo de 891 para 407 casos.

“Não é uma redução que se iniciou neste ano. É fruto de um trabalho que ocorre há mais de um ano e que vem mês a mês se consolidando. Queremos melhorar cada vez mais o que temos feito, sempre se reunindo e discutindo quais pontos precisam ser melhorados, fazendo os ajustes finos da nossa estratégia e analisando ponto a ponto e caso a caso em cada área”, destacou o secretário da SSPDS, André Costa.

Veículos recuperados em até três minutos

Semanalmente, a Secretaria da Segurança divulga ações policiais, que resultaram na recuperação de veículos em poucos minutos. Na terça-feira (13), um automóvel foi recuperado em três minutos no bairro Jóquei Clube – Área Integrada de Segurança (AIS 6) de Fortaleza. Esse tempo de resposta é possível graças àestratégia de combate à mobilidade do crime, que é posto em prática com cercos inteligentes realizados pelo Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e também pelo motopatrulhamento da Polícia Militar do Ceará (PMCE), em conjunto com o Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia) e videomonitoramento.

Esse trabalho reflete nos números de veículos recuperados, que só neste ano de 2019, já corresponde a 82% se comparado ao número de carros e motocicletas roubados/furtados. Foram 4.646 bens automotores subtraídos em ações criminosas durante os sete primeiros meses de 2018. No mesmo intervalo deste ano, as forças de segurança localizaram 3.806 veículos e os restituíram aos seus proprietários.

Crimes Violentos contra o Patrimônio

No acumulado de janeiro a julho de 2019, a redução CVP 1, que abrange roubos a pessoa, de documentos e outros, é de 21,8%. Foram 32.595 ocorrências desse tipo registradas, em 2018, contra 25.474, em 2019. No total, são 7.121 roubos a menos do que no ano passado.

Ainda no acumulado, todas as regiões do Ceará registraram números positivos. A maior queda percentual foi no Interior Sul, com menos 30% de casos, indo de 2.628 para 1.840. Em seguida, vem o Interior Norte, com queda de 28,9%, indo 2.958 para 2.104. Depois, vem a Região Metropolitana de Fortaleza, com 22,4% de redução, diminuindo de 5.364 para 4.165. Por último, vem Fortaleza com redução de 19,8%, passando de 21.645, no setesprimeiros meses de 2018, para 17.365, no mesmo período neste ano. Em julho último, o Estado reduziu em 15,1% o CVP 1, com 684 ocorrências a menos se comparado ao ano passado. Foram 4.515 ocorrências, no sétimo mês do ano passado, contra 3.831, no mesmo período de 2019.

No CVP 2, que abrange roubo de carga, com restrição de liberdade da vítima, a residência, de veículos e contra instituições financeiras, a redução foi ainda maior em 2019. Os sete meses contabilizaram uma queda de 46,8%, com 6.626 ocorrências no ano passado, contra 3.524, no mesmo período de 2019. No total, são 3.102 crimes a menos.

A maior redução percentual, no acumulado dos sete primeiros meses de 2019, foi em Fortaleza, com 50,4%: 3.495 (2018) e 1.735 (2019). Em seguida, vem a Região Metropolitana da Capital, com 49,9% de queda: 1. 749 (2018) e 877 (2019). Depois vem o Interior Sul, com 36% de diminuição: 592 (2018) e 379 (2019). Por último, o Interior Norte, com retração de 32,5%: 790 (2018) e 533 (2019). Só em julho, foram 343 ocorrências a menos no Ceará, se comparado com o mesmo período do ano passado. Isso corresponde à queda de 42,3% nos crimes, passando de 810 para 467.

(SSPDS)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Redes Sociais

Feiticeiro Fm