Segurança

VÍDEO: Sob gritos de assassino, justiça mantém prisão do policial que feriu 04 pessoas a bala em Ipu

A justiça decidiu mantér a prisão do policial militar do RAIO, Jorgeandro Vieira, acusado de ferir a bala 4 pessoas em uma festa de formatura que aconteceu na madrugada de domingo, 04 de agosto. A decisão saiu após audiência de custódia ocorrida na comarca do município de Ipú nesta segunda-feira (19). O juiz da Comarca Dr. Fábio Rodrigues, manteve a prisão preventiva do réu.

A Audiência de Custódia aconteceu de forma sigilosa, o que não evitou a presença de algumas pessoas que estavam na fatídica festa, em que o policial causou um terror sem precedentes, atirando contra várias pessoas, disparando cerca de 15 tiros e ferindo quatro pessoas, três delas de uma mesma família.

O advogado de defesa do policial pediu a revogação da prisão preventiva, alegando que o policial tinha bons antecedentes e grau de instrução. A defesa solicitava ainda o acusado pudesse responder em liberdade as acusações que lhe são imputadas.

Após a Audiência de Custódia do acusado Jorgeandro Vieira, na saída do Fórum Dr. Francisco Pereira Pontes, houve um princípio de tumulto, com muitos gritos de “assassino” e pedidos de “justiça”, por parte dos manifestantes. Para garantir que tudo transcorresse de forma segura, a audiência contou com um grande aparato policial, além do sigilo que foi mantido até certa altura.

Veja vídeo

 

(Redação do Blog Por Francisco José)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!