Destaques

Exercícios regulares e alimentação saudável evitam doenças como AVC

Caminhar 30 minutos por dia, preferir mais salada no prato do que macarrão e arroz, optar por suco natural em vez de refrigerante e não abrir mão de momentos de lazer são hábitos que melhoram a qualidade de vida. Atitudes como essas, por exemplo, ajudam a prevenir doenças como o Acidente Vascular Cerebral (AVC). De acordo com o coordenador médico das unidades de AVC do Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), o neurologista Alan Cidrão, 90% dos casos da doença poderiam ser evitados com a adoção de medidas de autocuidado.

“Entre os principais fatores de risco estão a hipertensão arterial (pressão alta), diabetes, colesterol alto, tabagismo e sedentarismo. É preciso que a população se conscientize e fique atenta com a prevenção dos fatores de risco. A prática de exercícios regulares e uma alimentação mais saudável são recomendadas para se evitar um acometimento de AVC”, destaca Cidrão.

São sintomas do AVC a perda imediata da visão e da força muscular em um lado do corpo; formigamento/dormência em um lado do corpo; dificuldade súbita para falar e/ou compreender o que se fala; tontura/vertigem e/ou dificuldade de manter o equilíbrio; dor de cabeça súbita, diferente de todas que a pessoa já sentiu, sem causa aparente.

Diante de uma pessoa com suspeita de AVC deve-se lembrar de quatro palavras: sorriso, abraço, mensagem, urgente. É a escala SAMU. É fácil de ser aplicada.

Segundo a coordenadora do serviço, Anna Karuza Feitosa, a rápida identificação do AVC é fundamental porque favorece o tratamento e reduz as chances de sequelas graves. “É de suma importância a identificação precoce dos sinais e sintomas do AVC, tanto por parte do paciente, familiar e/ou primeiro atendimento, para que esse paciente possa ser beneficiado pelo tratamento mais adequado em unidade de referência. A urgência no atendimento é crucial, visando reduzir a chance de sequelas graves e incapacitantes”, ressalta.

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!