Regionais

Feiticeiro Fm: Pessoas serão presas por colocarem fogo em vegetação, diz coronel do Corpo de Bombeiros

O mês de agosto tem sido marcado pela grande quantidade de focos de incêndio. Somente na semana passada várias ocorrências foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros de Crateús, responsável por atender 17 municípios das regiões dos Sertões de Crateús e alguns da Serra da Ibiapaba.

As queimadas representam diante do início do período de estiagem, um dos maiores perigos desta época. Na maioria dos casos eles se tornam devido à falta de controle grandes os incêndios ambientais e provocando situações que colocam em risco a vida e a saúde da população e dos animais.

Segundo o Tenente Coronel Homero, comandante do 2ª companhia do 3º Batalhão de Bombeiros Militares, com sede em Crateús, os registros de incêndios aumentaram nas últimas semanas. Ele ressalta que para realizar qualquer tipo de queimada, mesmo sendo esta sem terreno particular, é preciso que a pessoa responsável tenha autorização do corpo de bombeiros. Caso a alguém seja pego colocando fogo em uma área sem autorização, essa pessoa poderá ser presa em flagrante e responderá criminalmente. 

Um levantamento realizado pela reportagem do Blog, concluiu que a maioria dos casos recentes foram registrados em terrenos baldios. Muitos moradores querem se livrar do matagal seco em suas propriedades, ou terrenos público para evitar excesso de folhas secas, e acabam usando fogo para isso.

O alerta vale também para pessoas que costumeiramente colocam fogo nas margens da rodovias que cortam os municípios do interior. Esse tipo de ação, se pego em flagrante a pessoa será presa e conduzida para delegacia. 

De acordo com a Lei de Crimes Ambientais, (Lei nº 9.605 de 1998), “é crime causar poluição, de qualquer natureza, em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruição significativa da flora”.

A pena prevista é de seis meses a um ano de prisão e multa. Igualmente, provocar a queima, por ato de vandalismo ou com finalidade econômica, gerando poluição, também é crime.

Ouça abaixo uma entrevista concedida pelo tenente coronel Homero, quando ele esteve na primeira quinzena de Agosto em Tamboril, debelando um fogo ocorrido no Conjunto Novo Tamboril.

 

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Alerta: Conteúdo protegido !!