Regionais

Mais um Prefeito tem número do WhatsaApp clonado

Mais um caso de prefeito cearense que diz ter o celular invadido veio à tona nesta segunda-feira (14). Desta vez, a vítima foi o prefeito de Tamboril, Pedro Calisto (MDB). O gestor informou através de sua página no Facebook que teve o WhatsApp clonado. Essa é a segunda vez que o gestor é vítima da mesma ação.

Esse não tem sido o único caso na região. O prefeito de Crateús passou pelo mesmo problemas no mês de agosto.  Antes dele um médico da região e um advogado também foram vítimas de clonagem. O golpe de clonar o número do whatsapp tem sido crescente. Os casos acontecem em maior escala no interior do estado. 

Recentemente um empresário de Tamboril, que reside em São Paulo também foi vítima da ação. O estelionatário entrou em contato com amigos dele no município pedindo dinheiro emprestado. Ouvido pela nossa reportagem um do amigos disse que tentou falar com ele e não obteve resposta. Ele ligou para pedir o número da conta e na ligação descobriu que se tratava de um golpe.

O crime de clonagem de WhatsApp já atingiu 8,5 milhões de brasileiros, segundo pesquisa realizada pela PSafe, desenvolvedora de aplicativos de segurança. O levantamento mostra que, a cada dia, 23 pessoas são vítimas dessa modalidade de golpe em todo o país. Vazamento de conversas privadas, envio de links maliciosos para outros contatos e solicitações de dinheiro aos amigos estão entre os principais prejuízos trazidos pela clonagem do mensageiro.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Redes Sociais

Feiticeiro Fm