Regionais

Morre Gilberto Frota, tamborilense e ex-atleta do Fortaleza Esporte Clube

O futebol tamborilense perdeu na tarde deste sábado (09), um dos seus mais conhecidos atletas. Dono de uma trajetória de Sucesso e glória no futebol de Várzea e que o-levou a ser estrela do futebol estadual, jogando pelo Fortaleza Esporte Clube por duas temporadas (1985 e 1986), Joaquim Linhares Gilberto Frota, 55 anos, morreu vítima de um câncer no pulmão.

Pai de três filhas e avô de uma neta, Gilberto estava residindo em Sucesso, desde que encerrou sua carreira profissional, por problemas no joelho direito quando ainda disputa uma partida pelo campeonato cearense. Mesmo assim, não deixou de lado o esporte que amava. Ainda na década de 90, disputou campeonatos em vários municípios da região, mas foi defendendo as cores do Araçatuba, uma equipe do Distrito de Sucesso, que por muitas vezes Gilberto se dizia feliz por está em casa.

Na vida profissional passou a atuar no ramo de comercialização de peças automotivas viajando para vários municípios do interior. Atualmente gerenciava uma oficina de sua propriedade. Entre os compromissos profissionais e a vida pessoal, Gilberto sempre deixava claro o amor pelas filhas, a neta e por Edilza Farias, sua companheira ao longos das últimas duas décadas.

Gilberto descobriu que tinha um problema de saúde há cerca de dois meses e meio. Fez alguns exames e o médico que o atendeu havia apontado para um tipo de Câncer. Ele fez duas biópsias para diagnosticar a doença, que deram negativas. Nascia ali a esperança de não ser aquilo que se temia.

Flávio Magalhães, amigo que o-acompanhou durante toda a sua luta pela vida, relatou que o médico que o atendeu contestou as biópsias, e disse que elas não estavam corretas. Iniciava-se ali, uma nova luta. Ele faria nos próximos dias uma contra-prova, mas não deu tempo. O câncer que o atleta carregava no pulmão foi mais rápido e ceifou sua vida.

Depois de passar mal, ainda no sábado ele foi levado para o Hospital de Messejana. Segundo as informações ele teria provocado sangue e perdeu os sinais vitais antes mesmo de qualquer ação médica. Morria ali um tamborilense cheio de carisma, amor ao esporte e a sua terra natal.

O corpo de Gilberto foi velado na Escola Expedito Mendes Chaves, no Distrito de Sucesso, durante todo esse domingo. Dezenas de amigos, familiares e autoridades do município estiveram presentes para prestar solidariedade à família.

O amigo de longas datas e hoje deputado Jeová Mota disse que era um dia triste para a história de sucesso. Brijalma Soares, veio de São Paulo dar o último adeus a Gilberto. “Foi a viagem mais difícil da minha vida” disse ele. Crianças, jovens e idosos passaram pelo velório para se despedir de um dos maiores atletas do futebol tamborilense.

Ao final da tarde o corpo seguiu para Igreja Matriz, onde recebeu homenagens. Em seguida o cortejo seguiu para o cemitério, acompanhado de uma multidão e ao som do hino do Fortaleza, clube que ele amava e sempre defendeu. Já era quase 18h quando o sepultamento aconteceu.

Veja o vídeo

Compartilhe:

Comente com Facebook

Redes Sociais

Feiticeiro Fm