Destaques

Bancos são investigados por descontos não autorizados em aposentadorias

Por causa de cobrança indevida de aposentados, diversos bancos, seguradoras e associações estão sendo investigados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. O motivo é que alguns bancos podem estar cobrando taxas de associações e seguros sem o consentimento dos aposentados. Os bancos investigados são Caixa Econômica Federal, Bradesco e Santander. Já as seguradoras envolvidas são a Chubb Seguros Brasil, a Companhia de Seguros e Previdência do Sul (Previsul), a Sabemi Seguradora, a Sudamerica Clube de Serviços e a Sudamerica Vida Corretora de Seguros.

Também são investigadas as Associação Beneficente de Auxílio Mútuo ao Servidor Público (Abamsp), Associação Nacional de Aposentados e Pensionistas da Previdência Social (Anapps), Associação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos (Asbapi), Central Nacional dos Aposentados e Pensionistas do Brasil (Centrape), e Rede Ibero-Americana de Associações de Idosos do Brasil e das seguradoras (Riaam Brasil).

Essa cobrança sem contratação é uma prática abusiva, que está prevista no Código de Defesa do Consumidor. A situação piora porque se trata de consumidores idosos. Quem irá apurar é o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC).

Nem só os aposentados sofrem com cobranças indevidas feitas pelos bancos. Um exemplo são as cobranças duplicadas, quando o cliente já quitou a dívida, mas está sendo cobrado novamente. Algumas pessoas não guardam os comprovantes de pagamento e acabam tendo dor de cabeça com esse tipo de situação.

Outra coisa comum que acontece é o envio de cartões de crédito quando a pessoa não solicitou. Em algumas vezes, esse cartão vem desbloqueado e já começa cobrando tarifas do cliente, que nunca pediu aquele cartão. No entanto, mesmo que chegue bloqueado, um cartão de crédito não solicitado pode se enquadrar em uma indenização por danos morais, pelo transtorno que causa a quem recebe.

(Seu Crédito Digital)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!