Regionais

Comerciante de Catunda tem número do whatsapp clonado e estelionatário envia mensagens para mulheres comprometidas

O comerciante Antônio Pinho Alves, 42 anos, bastante conhecido no município de Catunda como “Toinho do Bar” teve o número do seu celular clonado. A vítima informou o caso a polícia e disse que só percebeu que tinha sido alvo da situação quando foi procurado por inúmeras pessoas dando conta que havia recebido mensagens do seu número, através do whatsapp.

Preocupado com a sua imagem e por ser um homem de negócios e bem-conceituado em Catunda, ele imediatamente procurou a delegacia de Santa Quitéria e registrou boletim de ocorrência, para se precaver diante do caos criado pelo estelionatário.

O que é mais grave nessa situação, foi que o estelionatário passou através do WhatsApp, mandar mensagens para várias mulheres casadas, se passando pelo comerciante. A repercussão diante das circunstâncias foi grande em toda a cidade.

“Todos em Catunda me conhecem, sabem que vivo trabalhando e jamais faria uma coisa destas, desde a data da primeira mensagem tenho passado por constrangimentos, as pessoas me abordam dizendo que estou enviando mensagens obscenas para seus celulares“, disse o comerciante, em conversa a nossa reportagem.

O comerciante pede que desconsidere qualquer mensagem depreciativa que por acaso chegue proveniente do seu número. Ele lembrou que as medidas cabíveis já foram tomadas, inclusive já existe um suspeito, que será responsabilizado judicialmente pelo transtorno que está causando.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm