Regionais

Tamboril: Ematerce orienta práticas com implementos agrícolas do Projeto São José III

A equipe do escritório local da Ematerce, em Tamboril-CE, realizou, no Assentamento Monte Alegre, uma orientação técnica, mediante o uso de implementos agrícolas, adquiridos pelo Projeto São José III. A iniciativa comprova, pois, a assertiva de que o Serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará ensina aos (às) agricultores (as) a fazer, fazendo.

Segundo o gerente Josafá Torquato, durante o acompanhamento técnico, no assentamento, beneficiário do projeto, ele o agente rural Israel constataram a deficiência de informação, por parte dos agricultores, sobre o uso dos equipamentos agrícolas, adquiridos, dentre os quais o escarificador, com total desconhecimento de sua finalidade. Acrescentou Torquato que, conforme relato dos beneficiários, o implemento não teria utilidade alguma, e já estavam com a proposta de trocá-lo por outro equipamento agrícola.

O gerente da Ematerce afirmou que, o tratorista, de nome Francisco, ao ver o escarificador, perguntou para que servia. E , quando o testou, no trator, o equipamento não levantou e foi logo dizendo: “Isso não presta”. Em seguida, a equipe da Ematerce, dialogando com os beneficiários, propôs realizar uma prática, mostrando como fazer a regulagem correta do implemento e sua real utilização no campo.

Na ocasião, foi feita uma demonstração, aplicando a teoria e a prática, tendo Josafá explicado a importância do escarificador, sendo excelente descompactador de solos, fazendo com que a terra produza melhor, mesmo solos, que não seriam mais usados para a agricultura, passassem a prestar. Após este momento, foi feita, na prática, a regulagem do escarificador no trator, e orientado o tratorista a manuseá-lo no campo. De início, o tratorista ficou com certo receio, visto o trator não puxar o escarificador, porém, prestadas as orientações, no tocante ao manuseio, o trabalho foi exitoso.

A respeito do que ouviu e viu, assim se expressou o agricultor e beneficiário do Projeto São José III, conhecido por Gilvando: “Depois, dessa experiência, ano que vem, no meu terreno, usarei o escarificador. Nunca pensei que ficaria tão bom, assim, e acredito que, quando os demais virem o resultado, quererão também e os que ainda não preparam suas áreas usarão o escarificador”.

Informou, ainda, o gerente da Ematerce que, ao ser concluído o trabalho, os beneficiários ficaram satisfeitos com os resultados obtidos, com a descompactação do solo, de 30 cm, preparado para o plantio de capim forrageiro. Lembrou que este fato deixou os extensionistas recompensados, pelo êxito das orientações aos beneficiários, com a sensação dever cumprido, além da convicção de que a assistência técnica agropecuária e gerencial, com qualidade, é de enorme importância para agricultores e agricultoras familiares.

Em entrevista ao Jornal A HORA DA VERDADE da Feiticeiro Fm, o técnico do órgão, Israel Santos, falou sobre as ações que estão sendo desenvolvidas no âmbito no município:

 

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm