Destaques

Pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família começará dia 20 de julho

Após o anúncio de novas parcelas do auxílio emergencial, muitos brasileiro têm se perguntado se já existe um calendário de liberação das novas parcelas. Em partes, há de fato uma previsão de pagamento da 4ª parcela do auxílio, mas apenas aos beneficiários do Bolsa Família que também recebem a ajuda.

De acordo com a lógica das parcelas anteriores, os repasses a esses beneficiários acontecem com base no dígito final do Número de Identificação Social (NIS), ao contrário dos demais, que recebem conforme o mês de nascimento. Sendo assim, a quarta parcela do auxílio começará a ser paga ao grupo a partir do dia 20 de julho.

Quem se inscreveu pelo site, aplicativo ou Cadastro Único (CadÚnico) ainda deve aguardar a liberação dos calendários de depósitos e saques/transferências.

Calendário da 4ª parcela do auxílio emergencial

Inscritos no programa Bolsa Família têm direito ao saque do auxílio de forma antecipada, visto que o calendário de pagamento segue datas diferentes. Além disso, os beneficiários podem sacar o dinheiro logo no ato da sua liberação. Acompanhe o calendário já divulgado da quarta parcela aos inscritos no programa:

Data do pagamento Beneficiário do Bolsa Família
20 de julho NIS final 1
21 de julho NIS final 2
22 de julho NIS final 3
23 de julho NIS final 4
24 de julho NIS final 5
27 de julho NIS final 6
28 de julho NIS final 7
29 de julho NIS final 8
30 de julho NIS final 9
31 de julho NIS final 0

Com prorrogação, auxílio terá custo acima de R$ 254,2 bilhões

Por meio da Medida Provisória nº 988/2020, o governo federal concedeu R$ 101,6 bilhões ao Ministério da Cidadania no financiamento de novas cotas do auxílio emergencial. Dessa forma, o benefício custará aos cofres públicos a quantia de R$ 254,2 bilhões.

Se somados, todos os recursos para o pagamento do auxílio emergencial foram liberados por meio de quatro MPs. Elas são responsáveis por fornecer crédito extraordinário que acaba não sendo incluído no teto de gastos. Veja abaixo o valor das liberações até o momento:

  • R$ 98 bilhões em 02 de abril;
  • R$ 25,7 bilhões em 24 de abril;
  • R$ 28,7 bilhões em 25 de maio; e
  • R$ 101,6 bilhões em 01 de julho.

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Alerta: Conteúdo protegido !!