Destaques

Segundo semestre letivo de 2020 é aberto na rede pública estadual de forma remota

O segundo semestre letivo de 2020 na rede pública estadual cearense foi oficialmente aberto nesta segunda-feira (3), durante transmissão ao vivo pela internet. O evento virtual foi mediado pelo estudante Victor Hugo Vasconcelos, presidente do grêmio da Escola de Ensino Médio (EEM) Júlia Alenquer Fontenele, de Pindoretama. Também participaram a secretária da Educação, Eliana Estrela; a professora Renata dos Santos, diretora de turma na EEM Raimunda Silveira de Sousa Carneiro, em Cruz; e a gestora da Escola de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) Matias Beck, em Fortaleza, Virgínia Vilagran.

Todas as escolas iniciam este período letivo exclusivamente de forma remota, seguindo um planejamento de ações com o intuito de preservar o processo de ensino e aprendizagem de maneira segura. O reinício das aulas a distância será na próxima segunda-feira, dia 10 de agosto. Durante a primeira semana do mês, as escolas realizam uma nova Jornada Pedagógica, com o objetivo de planejar o que deve ser posto em prática ao longo do semestre, otimizando as estratégias desenvolvidas nos campos pedagógico e administrativo. As aulas presenciais só voltarão após divulgação de decreto governamental autorizando e normatizando a retomada destas atividades.

Também na primeira semana do mês, serão iniciadas as ações do Projeto AoGosto do Aluno, com uma agenda diferenciada, oferecendo um circuito de atividades integrativas levando em conta o mês comemorativo aos estudantes.

A secretária Eliana Estrela enfatiza a importância de as pessoas se manterem unidas para superar o cenário atual.

“Esse é um momento difícil e novo, cheio de incertezas e com muitos desafios. Fomos surpreendidos pela pandemia. Mas, enquanto não existir uma vacina, temos que conviver com isso. Precisamos nos reinventar e usar a tecnologia a nosso favor. Agradeço e reconheço o empenho de todos os professores, em especial, dos diretores de turma, que são figuras fundamentais nas escolas, tendo um vínculo muito grande com os jovens. O desafio é enorme, muitos não tinham a habilidade para trabalhar deste modo, mas estão conseguindo, mostrando uma grande força. Os diretores, também, exercem uma liderança muito positiva na escola. E sabemos o quanto os servidores são importantes para fazer as coisas acontecerem”, avalia.

Eliana também destaca a necessidade de envolver os jovens no processo de decisão.

“Aprendemos muito com o primeiro semestre. Que, no segundo, possamos estar realmente mais próximos, corrigindo o que erramos. Acredito muito na força da juventude. Temos que conversar com os alunos, saber o que eles sonham, qual escola desejam, para assim auxiliá-los a construir uma vida mais justa e digna”, considera.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm