Segurança

Visitas nas unidades prisionais do Ceará são retomadas com respeito aos protocolos sanitários e distanciamento social

A Secretaria da Administração Penitenciária iniciou o Plano de Retomada Gradual das visitas no sistema penitenciário do Ceará. O retorno de parte das unidades prisionais ocorreu neste sábado (29), com continuidade neste domingo (30) e acolherá visitantes de 50% da população carcerária do Estado.

Com todos os protocolos sanitários determinados pelos órgãos de saúde, os policiais penais e profissionais de saúde da SAP realizaram aferição de temperatura, distribuição de álcool gel e o distanciamento social entre servidores, visitantes e internos.

A enfermeira do Núcleo de Saúde da SAP, Purdenciana Ribeiro, esteve nas unidades prisionais e descreveu como foi esse retorno. “Todos os procedimentos tiveram êxito. Não tivemos nenhum problema nem com visita, nem com apenado. As unidades conseguiram realizar de forma até mais rápida que nós esperávamos esse reinício. Todos os visitantes estavam com máscaras e conscientes dos protocolos de saúde. Logo na entrada da unidade prisional era realizada a aferição de temperatura e recebiam higienização nas mãos. Ao entrar nas alas novamente a higienização com álcool 70% e também a barreira sanitizante dos pés. No momento do reencontro com o familiar, a distância foi mantida com a correta orientação dos nossos policiais penais”, afirma.

O diretor do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II, Marcos Karbage, falou da organização realizada para o retorno da rotina de visitas. “A operação é considerada um sucesso. Passamos a semana nos organizando, orientando e conseguimos êxito. Algumas dúvidas ocorreram, o que é normal, mas no geral os visitantes estavam cientes de todos os procedimentos”, disse.

A expectativa de ver o esposo era grande. Apesar de conseguir se comunicar através dos e-mails disponibilizados pelo Serviço Social da SAP, Karla Oliveira mostrava ansiedade de ver o companheiro de 10 anos. “Fiquei muito preocupada durante esse tempo de Pandemia, saber se estava bem, e agora com esse retorno, vou conseguir vê-lo, mesmo sem conseguir abraçar e entendo que é medida de proteção, vai ser maravilhoso conseguir olhar no olho. Foi ver também como tudo está bem organizado”, emociona-se.

Luís Jorge visitou o irmão e mostrou felicidade de saber que ele está bem. “Vou voltar para casa e dar uma boa notícia para a minha mãe. Ela estava muito angustiada e agora vou conseguir acalmar o seu coração”, afirma.

Dentre os apenados a expectativa também era imensa. L.M. de 29 anos falou da emoção ao rever a mãe. “Fiquei muito preocupado com a minha família. Mas entendemos os motivos de não ter visita, porém o coração disparou quando fomos informados que as visitas iriam retornar. E hoje, foi muita alegria em ver que minha mãe está bem. Muito bem organizado e com proteção a todos”, disse.

G.S. também falava com os olhos. Emocionado, apenas agradeceu pelo retorno das visitas. “É muito bom ver nosso ente querido. Conseguimos conversar e saber de todos os detalhes que estão acontecendo na família. Foi maravilhoso. Agradeço por esse momento”, finaliza.

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Alerta: Conteúdo protegido !!