Segurança

Comerciante é autuado por homicídio culposo suspeito de envenenar homens por engano em Granja

Um comerciante de 75 anos foi autuado em flagrante por homicídio culposo após uma ocorrência de envenenamento, na cidade de Granja, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Ceará. De acordo com os dados colhidos na ocorrência, dois homens consumiram veneno achando que se tratava de bebida alcoólica. O líquido foi servido por engano pelo dono do estabelecimento. A ocorrência foi registrada no domingo (29).

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) se deslocou até a localidade de Cajueiro do Castro, zona rural de Granja, após informações que dois homens estavam em óbito no alpendre de uma casa. Cleison Santos Oliveira (28) e Erismar Rodrigues de Sousa (35) haviam ingerido cachaça após trabalharem no roçado. Após acabar a bebida, eles foram até um comércio de Benedito Cisto de Carvalho para buscar mais. Nesse momento, o comerciante serviu os homens uma dose oriunda de uma garrafa que estava na prateleira. No entanto, o líquido que havia no recipiente era veneno utilizado para matar insetos na lavoura, conforme as investigações.

A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) esteve no local da ocorrência, mas não constatou nenhum sinal de violência. O comerciante foi conduzido à Delegacia Regional de Camocim, onde foi autuado em flagrante por homicídio culposo. Após pagamento de fiança, ele foi solto para responder pelo crime em liberdade.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm