Regionais

Lei isenta taxa de iluminação para famílias de baixa renda em Ipueiras

O prefeito de Ipueiras Nenem do Cazuza enviou para Câmara Municipal Projeto de Lei do Executivo para readequação dos valores da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) para famílias de baixa renda. 

A Câmara Municipal de Ipueiras aprovou a lei N°1011/2020 onde altera a lei de N°041/2014, para a redução das tarifas de Iluminação pública para quem consome até 100 kwh.

A redução da CIP, sobretudo para as famílias de baixa renda é um ponto que está em discussão em vários municípios cearenses. As altas taxas de Iluminação Pública, aliada as altas contas de energia elétrica tem mexido consideravelmente no orçamento das famílias de maior vulnerabilidade social.

Para se ter uma ideia do momento que estamos vivenciando no País, nesta terça-feira (01/12) a conta de luz dos consumidores brasileiros ficarão mais cara. A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, em reunião extraordinária reativar a sistemática de acionamento das Bandeiras Tarifárias, ou seja, fica estabelecida a bandeira vermelha Patamar 2 no mês de dezembro de 2020, com custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Nenem do Cazuza, mesmo perdendo a eleição, deixa um gesto administrativo positivo às famílias de baixa renda, mesmo que tenha ocorrido tardiamente, o ato administrativo vai ajudar as famílias mais humildes de Ipueiras, antes tarde do que nunca.

Cabe agora ao novo gestor Júnior Titico, eleito com a proposta de melhorar a vida do povo ipueirense, manter uma medida que beneficia as famílias mais vulneráveis do município.

(Redação do Blog Por Reginaldo Silva)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm