Destaques

Gás de cozinha voltar a subir de preço e compromete renda do brasileiro

O gás de cozinha amanheceu mais caro nesta quarta-feira (07). O novo reajuste é de 6%. Segundo a Petrobras a alta do preço do petróleo no mercado internacional, que nesta quarta-feira fechou cotado a US$ 54,30 o barril do tipo Brent, é o principal impulsionador do aumento do gás de cozinha. O botijão será vendido nas refinarias a R$ 35,98 o botijão, correspondente a 46% do preço total e deverá chegar ao consumidor final em torno de R$ 90,00, preço já praticado no interior.

“Os preços de GLP praticados pela Petrobras seguem a dinâmica de commodities em economias abertas, tendo como referência o preço de paridade de importação, formado pelo valor do produto no mercado internacional, mais os custos que importadores teriam, como frete de navios, taxas portuárias e demais custos internos de transporte para cada ponto de fornecimento, também sendo influenciado pela taxa de câmbio”, informou a Petrobras.

Esse é o segundo aumento em 32 dias.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm