Destaques

Quase 15 mil famílias de agricultores atendidos com liberação do Garantia Safra

Mais 16 municípios serão atendidos com a liberação do Garantia Safra ainda em fevereiro. A portaria da Secretaria de Política Agrícola, vinculada ao Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (11). A liberação da cota única de R$ 850,00 para 14.154 agricultores familiares representa a injeção de R$ 12.030.900,00 na economia do interior do Estado do Ceará e os recursos vão direto para as mãos dos agricultores.

As famílias beneficiadas pertencem aos seguintes municípios: Aracati, Choró, Itaiçaba, Jaguaribara, Jaguaribe, Jaguaruana, Limoeiro do Norte, Orós, Palhano, Pereiro, Quixadá, Quixeramobim, Quixeré, Russas, Solonópole e Tabuleiro do Norte. Em janeiro, o Ministério já havia atendido 13.706 agricultores de 13 cidades com a liberação de R$ 11,3 milhões. A cota única é liberada em decorrência da pandemia da Covid-19 (Portaria SPA/ MAPA No 4 , Art. 1o, § 1o).

O programa tem por requisito a ocorrência de perda de safra agrícola de sequeiro superior a 50% em decorrência da irregularidade nas chuvas. A liberação dos recursos ocorre após a Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SPA/Mapa) realizar a análise da situação de frustração de safra, levando em consideração os indicadores meteorológicos (Inmet/Cemaden) e a série história do IBGE (LSPA).

No Ceará, o programa é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Agrário. O coordenador estadual do Garantia-Safra, Arimatéa Gonçalves, explica que neste ano não houve a aplicação de laudos de vistoria sobre a perda de safra por causa da pandemia, mas ocorreu a aplicação de critérios com base nos índices meteorológicos, dados fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Centro de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Inmet/Cemaden).

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm