Regionais

Jeová Mota quer formar comissão para defender municípios do Ceará em litígio com o Piauí

O litígio de limites entre Ceará e Piauí compreende um território de aproximadamente 3 000 km², localizado na Serra da Ibiapaba. A disputa está no Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2011, quando o Piauí entrou com ação pedindo a reconfiguração do território e a posse de seis municípios do Ceará: Ibiapina, São Benedito, Guaraciaba do Norte, Carnaubal, Croatá e Poranga passariam a ser considerados territórios do Piauí.

Nessa ação, um total de 244.712 pessoas poderão deixar de ser cearenses. O assunto chegou a Assembleia Legislativa e já mobiliza parlamentares. O deputado Estadual Jeová Mota, já se articula junto ao presidente Evandro Leitão para adotar as medidas necessárias em busca de se encontrar uma saída para a situação, sem causar percas ao Ceará.

Para Jeová, muita coisa está em jogo, além da situação de território. Ele cita as questões da identidade cultural, mudanças econômicas e sociais de cada município que alteram a vida dos munícipes. “Vamos unir esforços junto aos pares da Assembleia Legislativa e junto a esfera federal para manter os municípios envolvidos no litígio no próprio estado do Ceará,” enfatiza o parlamentar.

O parlamentar que é votado nesses municípios defende a formação de uma comissão para visitar o Congresso e o STF, em busca de acompanhar de perto o cenário e defender os interesses do Estado. Jeová se preocupa também na perca importante de equipes construídos com recursos cearenses como é o caso de Escolas, Unidades de Saúde, Centros de Convivência, Escolas Profissionais é uma seria de importante ações.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm