Destaques

Ceará recebe sétimo lote de vacinas com 115.600 mil doses da CoronaVac

O Ceará recebeu, no fim da manhã desta quarta-feira (3), o sétimo lote de vacinas contra a Covid-19, com 115.600 mil doses da CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Por meio das redes sociais, o governador Camilo Santana afirmou que continuará trabalhando para acelerar o processo de imunização em todo o Estado. “Além das vacinas do Plano Nacional de Imunização, temos mantido contato com laboratórios nacionais e internacionais para viabilizar a compra direta de imunizantes. Nossa meta é imunizar todos os cearenses o mais rápido possível”, publicou Camilo.

Com o sétimo lote, o total agora é de 695.200 mil doses recebidas até o momento por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde. Todas fazem parte da primeira fase da campanha de vacinação contra a Covid-19, que segue priorizando a aplicação das doses em trabalhadores da saúde e idosos com mais de 75 anos, conforme orienta o PNI. São 153.000 da Oxford/AstraZeneca e 542.200 da Coronavac.

Utilização

Ainda sobre o novo lote, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que o Estado vai utilizar 50% na primeira dose, e os outros 50% serão guardados para a segunda dose. O repasse aos municípios seguirá a logística que tem sido desenvolvida pela Sesa, que recebe e armazena os imunizantes a fim de distribuí-los, por via terrestre e aérea, para as 22 áreas descentralizadas de saúde e de lá as secretarias municipais de Saúde retiram a quantidade reservada para cada município.

Articulação junto a laboratórios

Diante do aumento expressivo de internações e mortes por Covid-19 no Brasil, autoridades de saúde apontam que vacinar a população é fundamental para atravessar a crise causada pela pandemia. Por isso, o Governo do Ceará tem intensificado a busca por outros meios para garantir imunizantes para os cearenses.

Na terça-feira (2), o governador Camilo Santana esteve em Brasília com o objetivo de articular aquisição de vacinas para complementar plano de imunização no Ceará. Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual se reuniu com o presidente da União Química, Fernando de Castro Marques, representante da Sputnik (vacina russa) no Brasil, ao lado de outros governadores do País. O governador do Ceará também se encontrou com o presidente da Câmara, Arthur Lira, e destacou que, nesse momento, o Brasil precisa de união.

Vacinômetro

No Ceará, 400.281 mil doses de vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas até terça-feira (2). Um total de 303.226 mil pessoas receberam a primeira dose e 97.015 mil cearenses já estão imunizados com a segunda dose.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!