Segurança

Furtos diminuem no Ceará, diz SSPDS

Um crime que quase ninguém vê. Porém, as forças de segurança do Ceará sempre estão atentas, são os furtos. Policiamento ostensivo, câmeras de videomonitoramento e investigações para identificar pessoas envolvidas nesse tipo de delito contribuíram para a queda dos registros no Estado. Mantendo bons resultados em outros indicadores criminais, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE) contabilizou, nos dois primeiros meses deste ano, uma queda de 28,7% também nos registros de furtos em todo o território cearense.

Os dados foram compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública do Estado do Ceará (Supesp), vinculada da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS). No acumulado de 2021 (janeiro e fevereiro), os números mostram uma queda de 10.020 para 7.145 registros quando comparados ao mesmo período do ano passado.

Para o gestor da SSPDS, Sandro Caron, o resultado positivo se dá pela soma de um trabalho de inteligência alinhado ao fortalecimento das Polícias, que tem o intuito de diminuir a incidência de crimes em todo o território cearense. “Essa queda nos crimes que a Segurança Pública vem apresentando é bastante significativa. Tudo isso é resultado da intensificação das atividades de inteligência que auxiliam a Polícia Civil nas investigações voltadas para a identificação de pessoas suspeitas de envolvimento nesses delitos. É importante destacar também o apoio às ações da Polícia Militar, que aumentou sua ostensividade e suas abordagens, fortalecendo assim a presença da Polícia em todo território cearense”, finalizou ele.

Somente no mês de fevereiro deste ano, a redução foi de 31,8%, indo de 4.902 registros, em 2020, para 3.344. Com o reforço do trabalho incessante das Polícias cearenses, já é possível verificar uma tendência de retração nos indicadores de furtos. Em janeiro deste ano, foram contabilizados 3.801 registros contra 3.344, no segundo mês de 2021. Uma queda de 12% em comparação entre os meses.

Prisões
O resultado da queda nos índices pode ser explicado pelas ações planejadas de segurança pública nos meses de janeiro e fevereiro deste ano. Ao todo, 5.332 adultos e adolescentes foram capturados em ações policiais ocorridas em todo o Estado, seja por meio de cumprimento de mandados de prisão ou em procedimentos realizados em flagrante. Em média, as Forças de Segurança do Ceará retiraram mais de 90 pessoas com envolvimento em crimes ou atos infracionais para realização de procedimentos policiais nas delegacias do Estado, por dia, no primeiro bimestre do ano.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!