Destaques

Auxílio Emergencial pode ser contestado por beneficiários do Bolsa Família até 1º de maio

Até o dia 1º aqueles que são beneficiários do Bolsa Família e tiveram o Auxílio Emergencial negado, podem entrar com recursos e contestar a decisão. O processo de contestação deve ser feito do site do Dataprev. A instituição informou que cerca de 4,59 milhões de pessoas, nessa categoria, foram consideradas inelegíveis para receber o benefício.

Vale destacar que o Dataprev só deve analisar os casos que estejam dentro das regras do benefício. Inclusive, o público do Bolsa Família não deve acumular os dois pagamentos, pois será repassado apenas a maior quantia referente a um dos benefícios. Quem teve o auxílio negado seguirá recebendo o valor habitual do programa.

Outro detalhe exclusivo desse grupo é que o depósito na conta digital da Caixa e a autorização para o saque em dinheiro caem sempre no mesmo dia.

O repasse federal para contemplar esse grupo de 4,59 milhões será de R$ 853 milhões. Com isso, a folha completa de pagamentos do mês de abril para o Bolsa Família soma R$ 3,8 bilhões e contempla um total de 14,6 milhões de famílias.

O calendário de pagamentos para os beneficiários do Bolsa Família segue as datas regulares do benefício, a partir do número final do NIS.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!