Segurança

Operação contra onda de violência em Tamboril prende pessoas envolvidas com execuções, aprende armas e drogas

Ao menos seis pessoas foram presas durante uma operação policial deflagrada na manhã desta terça-feira (27), nas cidades de Monsenhor Tabosa, Catunda, Santa Quitéria e Tamboril. A ofensiva envolveu dezenas de policiais militares trabalhavam para capturar criminosos com participação na onda de violência registrada em Tamboril nas últimas duas semanas, em decorrência da guerra de facções.

Logo nas primeiras horas, a composição de Catunda conseguiu capturar dois indivíduos que haviam praticado assaltos na localidade de Barrinha e a partir daí, se juntou com a força-tarefa. A ocorrência ainda está em andamento, mas até o momento, já foram presas seis pessoas, entre homens e mulheres e apreendidas cinco armas e drogas. Todos foram encaminhados para delegacia de Tamboril e em seguida serão encaminhados para Crateús.

A operação ainda não terminou e continuará pelos próximos dias no município com apoio do serviço reservado e reforços que estão em Tamboril há cerca de duas semanas. A prisão de mais pessoas não é descartada pela polícia, porém, o trabalho ainda continua.

Em entrevista a Feiticeiro Fm o Coronel Adrianizio disse que os presos são responsáveis pelos últimos homicídios. Ele mandou um recado ainda para mais duas pessoas que já foram identificadas como autores do homicídio que tirou a vida do Tim. “Eu sei quem eles são, eu vou prender eles, elas sabem que eu sei que foram eles” disse ao vivo dentro do Jornal  A HORA DA VERDADE da Feiticeiro Fm.

Veja a live do programa onde o coronel falou do assunto.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!