Segurança

Ceará registra redução nos números de furtos e roubos de veículos em 2021

O trabalho das Forças de Segurança do Ceará aliado ao desenvolvimento e ao uso de novas ferramentas impactou positivamente em mais um indicador criminal no Estado. Roubos e furtos de veículos registraram reduções no primeiro quadrimestre de 2021 em comparação ao mesmo período do ano passado. Quando analisamos os roubos, a retração foi de 27,7%. Já os furtos de bens automotores reduziram em 28,6%. Os dados foram compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp).

No ano passado, o Ceará registrou 3.810 veículos subtraídos em ações criminosas mediante o uso de violência, mas de janeiro a abril deste ano o índice caiu para 2.754, representando uma redução de 27,7%. Já os furtos foram de 1.576 para 1.126, com retração de 28,6%. Para o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, números como esses são resultados de trabalhos ostensivos e investigativos que foram intensificados visando frear a atuação de grupos criminosos nos municípios cearenses. Além disso, ele atribui essa redução à chegada de novas ferramentas que vieram para somar ao que já existe no Estado.

“Essa queda é resultado de uma série de estratégias simultâneas. Temos novas ferramentas, como o Agilis, que foi lançado semana passada, mas que estava em teste desde abril. É uma inovação com o uso de inteligência artificial, que se soma ao Spia (Sistema Policial Indicativo de Abordagem), e que foi o responsável por uma série de apreensões e recuperações de veículos, além de capturas de pessoas envolvidas nesse tipo de crime. Houve também uma intensificação das ações da Polícia Civil, da Polícia Militar, que, com o uso de inteligência, conseguiu aumentar o número de capturas de pessoas envolvidas em crimes”, pontuou.

A intensificação de ações citadas por Caron já culminou em mais de 11 mil capturas de pessoas envolvidas em crimes no primeiro quadrimestre de 2021, no Ceará.

Outro recurso tecnológico que complementa o trabalho investigativo e ostensivo na diminuição nos índices de roubo e furto de veículos no Ceará é o videomonitoramento da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da SSPDS. As mais de 3.300 câmeras espalhadas pelo território cearense auxiliam as Polícias do Estado a irem além e atuarem em ocorrências em tempo real. O cerco inteligente, ou seja, quando há integração entre as informações repassadas pelos operadores das câmeras e a abordagem policial na rua, permitem os profissionais da segurança elaborarem um planejamento mais eficiente das ações policiais, diminuindo o tempo de resposta, aumentando a eficácia do serviço e impactando diretamente na vida do cidadão.

Agilis

O Sistema Agilis foi lançado pela Secretaria da Segurança na última quinta-feira (20), em comemoração à semana de 24 anos da pasta. A tecnologia consiste em um sistema capaz de integrar inúmeros bancos de dados. A ferramenta servirá como um forte e ágil aliado na identificação de veículos automotores que tenham sido utilizados em práticas criminosas ou que tenham ligação com alguma pessoa em conflito com a lei. Outro ponto que merece destaque é a forma didática com que a ferramenta se apresenta, com mapas interativos, imagens, ícones e diversas informações à disposição dos usuários.

Somente em abril deste ano, quando estava em fase de teste pela Secretaria da Segurança Pública, o Agilis realizou 83 milhões de capturas de placas de veículos no Ceará. Neste mês, após a flexibilização das medidas restritivas de combate à Covid-19, a ferramenta já realizou mais de 100 milhões de leituras de placas no Ceará.

“O Ceará vem eficazmente reduzindo vários tipos de crimes, como por exemplo, os roubos e os furtos de veículos. A segurança pública moderna, eficaz e baseada em dados e metodologias têm dado resultado”, destacou o superintendente da Supesp, Helano Matos

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!