Regionais

Chiquinho da Vila, advogado e ex-vereador de Nova Russas morre vítima da Covid-199

O advogado e ex-vereador de Nova Russas, Francisco Melo dos Santos, mas conhecido como Chiquinho da Vila, morreu na tarde desta terça-feira (27), em Fortaleza, vítima da Covid-19. Chiquinho lutou bravamente contra a doença, mas seu quadro se agravou nesta última semana e não resistiu, depois de quase um mês de internamento.

Chiquinho da Vila tornou-se conhecido em todo o interior do Estado, graças às suas brilhantes apresentações no Tribunal do Júri em defesa de seus clientes, às vezes atuando sozinho ou em parceria com outros grandes nomes da advocacia cearense. A boa oratória, a firmeza nas palavras, persuadia e transmitia credibilidade a todos aqueles que o ouviam.

Familiarizado com a tribuna das comarcas do Judiciário, resolveu experimentar a tribuna do Poder Legislativo, tornou-se vereador por três mandatos e foi presidente da Câmara Municipal deixando um grande legado na discussão e aprovação da Lei Orgânica do município.

Chiquinho da Vila sempre foi um homem de grupos sociais, atuou na Maçonaria, Lions Clube, nas pastorais da Igreja Católica, onde por longos anos era marca registrada nos leilões de Nossa Senhora das Graças, membro da Academia Novarrussense de Letras e mais recentemente tornou-se membro do grupo de motoqueiros, Guerreiros do Oeste.

Chiquinho da Vila deixa a esposa, Selma Tavares e três filhos; Karol, Kalile e Zé Luiz. Nas redes sociais, o filho comunicou a morte do pai demostrando todo o amor e o quão importante foi sua missão em vida!

(Redação do Blog Por Reginaldo Silva)

 

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!