Destaques

110 mil mães solteiras receberão quatro parcelas do auxílio emergencial de uma só vez

A partir desta sexta-feira (06), a Caixa Econômica Federal irá realizar o depósito de quatro parcelas do auxílio emergencial de 2021 de uma única vez para 110 mil mães solteiras em todos os estados do Brasil. Informação foi divulgada pelo Ministério da Cidadania e faz referência a mulheres que receberam o benefício em 2020 e durante o processo de reavaliação de cadastro para conceder o pagamento do auxílio de 2021, tiveram atrasos na análise e ficaram de fora do pagamento escalonado do benefício neste ano.

“Uma nova análise de dados confirmou a elegibilidade ao benefício a partir das informações mais recentes disponíveis nas bases governamentais”, conforme explicou a pasta. Os valores serão depositados nas contas digitais das mulheres chefes de famílias monoparentais e para aqueles que recebem o Bolsa Família, o valor será pago conforme calendário do programa social, com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Ao todo, o repasse a ser feito a partir desta sexta-feira, 6, soma aplicação de R$ 82,2 milhões de recursos federais. Restam ainda 27 mil cadastros a serem reanalisados pelo Ministério, que afirma estar com todos os cadastros restantes em fase de “processamento”.

Em nota de divulgação, a pasta frisa que aqueles com o benefício desbloqueado recebem todas as parcelas a que têm direito de forma retroativa. O processo mensal de reavaliação de aptidão ao auxílio emergencial já realizou o bloqueio de cerca de 600 mil cadastros.

“A revisão mensal visa garantir que o benefício chegue exclusivamente aos cidadãos de menor renda. Os benefícios também são verificados em ações de auditoria, o que pode gerar o bloqueio, que não se trata da exclusão do direito, mas apenas da suspensão do prazo do pagamento até a conclusão das verificações”, pontua a pasta em nota.

(O POVO)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!