Destaques

Conta de luz poderá ficar mais barata no Ceará

Uma boa notícia para os consumidores cearenses de energia elétrica pode estar chegando: as contas de luz no estado podem ficar mais baratas a partir do dia 22 de abril. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs uma redução média de 2,81% nas tarifas para o Ceará, mas a decisão final ainda depende da aprovação do órgão regulador, em reunião pública ordinária da diretoria na próxima terça-feira, dia 16.

De acordo com o documento da Aneel, a proposta prevê reajustes distintos para clientes de alta e baixa tensão. Para a alta tensão, que atende grandes empreendimentos, a queda seria de 2,10%. Já para os consumidores de baixa tensão, majoritariamente residenciais, a redução proposta é de 3,03%, impactando positivamente o bolso da população cearense.

Segundo Erildo Pontes, presidente do Conselho de Consumidores da Enel Distribuição Ceará, o reajuste é baseado em balanços financeiros repassados pela empresa à Aneel, que designa um relator para analisar os dados e calcular as mudanças nas tarifas de energia. “Esses números são calculados pela Aneel a partir do que cada distribuidora envia. A agência, por sua vez, utiliza regras claras para o cálculo, e o resultado final não depende da empresa local, mas sim da Aneel, que segue as normas da concessão”, explica Pontes.

Na próxima terça-feira, durante a reunião da Aneel, o valor final do reajuste será definido e homologado. As concessionárias, como a Enel Ceará, geralmente defendem um reajuste mais favorável aos seus interesses, enquanto a Aneel busca um equilíbrio entre os interesses das empresas e dos consumidores. “Na reunião da Aneel, que acontece sempre às terças-feiras, há a homologação do número. As concessionárias tentam influenciar o resultado final, buscando o melhor para os acionistas. No entanto, a Aneel, seguindo as normas da concessão, define o valor final”, complementa Pontes.

Redução adicional

É importante destacar que, além da possível redução proposta pela Aneel, os consumidores cearenses também podem se beneficiar da Medida Provisória das Energias Renováveis e de Redução de Impactos Tarifários, em vigor desde a última quarta-feira (10), que prevê uma redução de até 5% nas contas de energia em todo o Brasil. Caso as duas medidas sejam confirmadas, os cearenses podem ter uma redução ainda maior em suas contas de luz a partir de abril.

A Enel Ceará, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que aguarda a definição e aprovação do reajuste pela Aneel. A concessionária reforça que os preços das contas de luz são regulamentados pela agência e que as novas tarifas, independentemente do valor final aprovado, entrarão em vigor a partir de 22 de abril.

Compartilhe!

APP FEITICEIRO FM

PÚBLICIDADE INSTITUCIONAL

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!