Segurança

Ceará termina junho com queda de 14% nos roubos

O Ceará registrou uma diminuição de 14,4%, durante o mês de junho de 2024, nos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), como são tipificados os roubos, comparado a junho do ano passado.

Foram 3.003 ocorrências no período, contra 3.059 registros no mesmo mês de 2023. Os dados foram obtidos pela Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), órgão vinculado à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Em Fortaleza também houve redução nos roubos no período levantado. Conforme a Supesp da SSPDS, a retração ficou em 9,7%, com 2.162 registros contra 2.393 ocorrências em junho do ano passado. Já na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), os roubos caíram 25,7% com 455 ocorrências no sexto mês de 2024 contra 612, em 2023. A maior redução ficou com o Interior Sul, onde os crimes reduziram 47,3% no período. Foram 136 roubos contra 258 em junho de 2023.

Considerando o primeiro semestre deste ano, os roubos reduziram 10,6% no Ceará. Com 19.250 contra 21.534 registros nos primeiros seis meses de 2023. Todas as regiões cearenses tiveram diminuição no índice de CVPs.

Em Fortaleza, a diminuição no semestre ficou em 6%. Durante o período, foram 13.620 crimes de roubo contra 14.491 ocorrências em 2023. Na RMF, os roubos reduziram em 23,1%. Ao todo, tiveram 2.998 registros de CVPs na região, durante o primeiro semestre de 2024, contra 3.897 registros nos seis primeiros meses de 2023.

No Interior Sul, a redução ficou em 27,8%, sendo a maior diminuição, considerando todas as regiões cearenses. Ao todo, houve 1.166 ocorrências nos municípios da região, entre janeiro e junho de 2024, contra 1.615 registros no mesmo período em 2023. Já no Interior Norte, a redução ficou em 4,2%. Foram 1.466 roubos em 2024 contra 1.531 ocorrências nos seis primeiros meses de 2023.

Ofensivas preventivas como Segurança no Ponto e Reforço Especializado, investimentos em tecnologia são algumas das ações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) que contribuem para a redução dos roubos.

Em junho de 2024, o Governo do Ceará reforçou o trabalho ostensivo com 860 novos policiais militares iniciando o serviço operacional supervisionado. Já para reforçar as investigações, o governador do Ceará, Elmano de Freitas, empossou 428 novos policiais civis, além de assinar a Lei da Paridade dos Policiais Civis.

Ainda em junho de 2024, foi aumentado em 50% os valores da gratificação por apreensão de armas de fogo, acessórios e munição. Com o aumento, os valores que variavam de R$ 400 (revólveres) a R$ 800 (fuzis) passaram a R$ 600,00 (revólveres) e R$ 1.200,00 (fuzis).

Compartilhe!

APP FEITICEIRO FM

PÚBLICIDADE INSTITUCIONAL

Feiticeiro Fm