Policial

No Ceará, agricultura familiar é responsável por produção equivalente a R$ 5 bilhões.

Na atual safra, a agricultura familiar representa cerca de R$ 5 bilhões do Programa Nacional de Agricultura Familiar. No Ceará, o número de famílias envolvidas com agricultura tem crescido. É o que afirma a supervisora estadual de estatísticas agropecuárias do IBGE, Regina Dias. “De acordo com o censo 2006, existem 341.510 estabelecimentos da agricultura familiar e 39.504 da agricultura não familiar, no Ceará”.

Em uma desses pontos, na cidade de Tauá, o técnico agrícola Rogaciano Oliveira é responsável por um projeto sustentável. O algodão agroecológico traz benefícios para as famílias do interior e para o meio ambiente. “Esse projeto foi implantado em 1993 e hoje já abrange todo o município e alguns vizinhos, como Parambu e Independência”.

O coordenador da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar no Ceará (Fetraece), Auri Júnior, destaca a importância da família na produção agrícola no estado. “A agricultura familiar é extremamente importante para a nossa economia. Em um período de seca, na medida em que o comércio vai enfraquecendo, é devido à baixa produtividade da agricultura familiar.

No Ceará, agricultura familiar é responsável pela produção de milho, arroz e feijão. Ainda segundo o IBGE, as famílias produzem para seu próprio sustento e o excedente é vendido.

(Tribuna do Povo)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!