Policial

Em entrevista na CBN, Camilo promete aumentar salários de PMs e destaca outros assuntos.

Camilo-Santana-e1415299201734

O governador Camilo Santana (PT) reafirmou nesta quarta-feira, 5, compromisso em equiparar remuneração de policiais militares do Ceará com a média salarial do Nordeste. Ele destaca, no entanto, que só possui seis meses de gestão e ação precisa ter seu impacto nos cofres estudado. O governador participa do programa Debates do Povo, da Rádio O Povo/CBN.

“Tenho compromisso de que darei a média salarial do Nordeste para a PM do Ceará. Mas, agora, só tenho seis meses (de governo). Já fiz uma lei que está corrigindo distorções de vinte anos atrás”, disse, em referência à nova lei de promoções da PM do Estado.

Sobre a recente alta de homicídios na Região Norte – apesar da queda de quase 20% do índice em todo o Estado -, o governador destaca: “Às vezes o lençol é curto, tem que pensar com estratégia. A região Sul estava com muitos homicídios, aí fizemos operação lá. Agora estamos fazendo isso no Norte”, diz, prometendo contratação de até 3 mil novos PMs para este ano.

Repasses da Saúde

O governador também destacou problemas de financiamento da Saúde no Estado. Ele destaca, por exemplo, disparidade de repasses federais entre Pernambuco e Ceará. “Não é justo que Pernambuco receba repasse de R$ 1,2 bilhões para a Saúde, e nós R$ 400 milhões”, diz, afirmando ainda que o estado vizinho foi “muito privilegiado” nos últimos anos.

Hub da Tam

O governador afirmou ainda que tem investido na interlocução com o governo federal para garantir vinda do Hub da Tam em Fortaleza. “Nós temos pedindo para a presidente todas as condições necessárias”, disse.

Camilo destaca perspectiva de construir nova pista do aeroporto na antiga base aérea, atualmente desativada. “Dessa forma, não precisaríamos desapropriar ninguém, mexer com ninguém. A Tam gostou muito disso”, disse.

Ivo Gomes

Camilo minimizou recente declaração do ex-secretário das Cidades, Ivo Gomes (Pros), de que não é “situação ou oposição” ao governo em sua volta à Assembleia. “O Ivo é um irmão. Ele conhece o nosso projeto, e vai votar no que for bom para os cearenses”.

Sobre a indicação do irmão de Ivo, Lúcio Ferreira Gomes, para a área, destacou: “Já tinha pensado no nome dele na época que ia formar o governo. É um grande técnico e será um grande secretário”.

(O POVO Online)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!