Segurança

Polícia Civil prende envolvidos no tráfico de drogas em Crateús

Dando continuidade às ações de combate ao tráfico de drogas em Crateús, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) – por meio da Delegacia Regional de Crateús -,capturou um homem e uma mulher investigados pela prática criminosa na região. Os capturados são investigados por participação em esquema criminoso chefiado por mãe e filho. A ação aconteceu na cidade pertencente à Área Integrada de Segurança 16 (AIS 16) do Estado.

Antônio Jean Souza (27) e Francisca Jaciane dos Santos (29) foram capturados por força de mandados de prisão preventiva. As investigações apontam que o homem é partícipe de um grupo criminoso chefiado por Venceslau Pereira da Silva (30). Já Francisca Jaciane é companheira de Venceslau. O homem foi capturado em maio deste ano, junto com sua mãe identificada como Maria de Lourdes Pereira da Silva (56). Na ocasião, foram apreendidos seis quilos de maconha prensada, 18 gramas de crack, 18 maços de cigarros sem comprovação lícita, uma balança de precisão e um celular.

Além das prisões, a Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão em desfavor de Venceslau que já se encontrava preso. As investigações apontam que o grupo é responsável pelo tráfico de drogas em Crateús com ramificação no município de Novo Oriente. Parte dos integrantes são de uma mesma família. As investigações seguem no sentido de localizar e prender outros partícipes do grupo criminoso.

Condenação

Venceslau e sua genitora, Maria de Lourdes Pereira da Silva, foram condenados após as prisões realizadas em maio deste ano. O homem foi condenado a 11 anos e quatro meses de reclusão. Já Maria de Loudes foi condenada a sete anos e quatro meses de prisão.

Denúncias

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelos números (88) 3692-3504 ou (88) 3692-3308, da Delegacia Regional de Crateús. A unidade policial também disponibiliza o telefone (85) 98616-6699, que é o número de WhatsApp para denúncias. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm