Policial

Programas de microcrédito do BNB terão volume extra para empréstimos.

Os programas de microcrédito do Banco do Nordeste (BNB) terão um volume extra para emprestar neste ano. O Banco pretende injetar R$ 10 bilhões até o final do ano, um crescimento de 42,5% em relação ao ano passado, quando foram disponibilizados R$ 7 bilhões. O CrediAmigo tem como foco empréstimos para capital de giro e pequenos investimentos, enquanto o Agroamigo auxilia o custeio de pequenos investimentos rurais. A instituição conta com 2, 4 milhões de clientes do Crediamigo.

A previsão é chegar a R$ 30 bilhões neste ano em aplicação no Nordeste. Os números foram divulgados ontem pelo presidente do BNB durante lançamento de operações de máquinas de cartão para clientes de pequeno porte.

O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) tem orçamento de R$ 13,1 bilhões, mas a expectativa, de acordo com o presidente, é ultrapassar esse valor. “Queremos chegar a um orçamento de pelo menos 15 bilhões neste ano”, arriscou.

De acordo com Souza, o banco também está investindo em expansão. Em 2012 havia 186 agências bancárias do BNB. Nos últimos anos, foram abertas novas 152 agências. O número de trabalhadores também saltou de 5800 em 2012 para 7.150 até o final deste ano.

Parcerias

Entre os parceiros comerciais, o BNB conta com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). No próximo dia 30, será assinado contrato de parceria. “O banco está acontecendo e buscando parceiros referência na área”, disse.

Dentre os produtos lançados, o BNB terá 25% de participação e 75% ficará com o BNDES. As parcerias entre os bancos contam com o Fundo de Investimento de Participação, voltado para empresas inovadoras com faturamento líquido anual de até R$ 10 milhões.

As companhias que vão receber recursos do Fundo são avaliadas e escolhidas por um Comitê de Investimentos formado pelo BNDES e pelos demais cotistas, como o BNB.

Além disso, há a emissão do cartão BNDES. O produto de crédito é utilizado para o financiamento de investimentos produtivos de micro, pequenas e médias empresas. Em projetos culturais devem ser investidos R$ 8 milhões.

Para se desenvolver na área comercial, o BNB irá desenvolver algumas parcerias comerciais com outros bancos. Os clientes da instituição poderão utilizar os serviços de 13.100 lotéricas no País a partir de novembro. Em parceria com a Caixa Econômica, os clientes poderão realizar saques, ver saldos e outras operações bancárias.

Com o BTG Pactual, a parceria será comercial para venda de produtos emergentes como seguros, previdência privada e títulos de capitalização.

(O Povo Online)

Compartilhe!

Feiticeiro Fm

Cópia de conteúdo proibida!