Destaques

Conta de água da Cagece ficará mais cara.

Entra em vigor no próximo dia 26 de junho – 30 dias após publicação legal – a nova tarifa da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), com revisão média de 12,9% aprovada pelas agências reguladoras no estado. Os valores revisados passam a valer nos 151 municípios atendidos pela empresa.
 
As agências reguladoras no estado autorizaram a companhia a aplicar revisão ordinária de 17,23% na tarifa média praticada na prestação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Porém, como forma de evitar um impacto financeiro no orçamento do cliente, a Cagece optou por aplicar inicialmente 12,9%.
 
A revisão tarifária visa manter o equilíbrio financeiro da empresa e leva em consideração aspectos como o aumento nos custos de produção e operação agravados pela crise hídrica, a redução gradativa no consumo de água observada em Fortaleza e Região Metropolitana e o aumento nos preços dos insumos.
 
Considerando as variáveis aplicadas nos últimos meses para cálculo da tarifa, com a revisão que será aplicada (12,9%), a tarifa média da Cagece ficará em R$ 3,17.
 
A Cagece adota um modelo de estrutura tarifária progressiva, onde as tarifas são definidas de acordo com a categoria e a demanda de consumo de cada cliente. Ou seja, a tarifa torna-se mais cara, à medida em que o consumo aumenta. Esta é uma maneira da companhia garantir uma cobrança justa, evitar o desperdício de água tratada e, ainda, subsidiar a tarifa paga pelos clientes com menor poder aquisitivo, como é o caso da tarifa social, por exemplo.
 
A revisão ordinária foi autorizada pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (ARCE) – no caso dos municípios do interior; e Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (ACFOR) – no caso de Fortaleza.
 
(Site da Cagece)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm