Regionais

Após reunião com promotor, polícia militar intensificará abordagens a veículos sem placa; ouça entrevista.

A onda de assaltos ocorridos no município de Tamboril desde o início do ano tem preocupado as polícias civil e militar, o ministério público e mais ainda a população que se torna refém dentro de suas casas com medo de serem assaltados.

Um levantamento das ações somente este ano aponta que mais de 90% dos assaltos em Tamboril, foram praticados por uma dupla armada, encapuzados e utilizando motocicletas roubadas e sem placas. O levantamento constatou ainda uma grande circulação de motocicletas sem placas no município. Com isso a polícia passará a intensificar as abordagens com foco em veículos sem placa, em sua quase que totalidade, motocicletas.

“Se não houver esse tipo de abordagem, não tem como a polícia adivinhar a procedência dos veículos”. Disse o Sargento Glaubio à reportagem do blog. Segundo ele em toda a região tem ocorrido uma grande quantidade de assaltos de motocicletas. Esses veículos são tomados de assalto em um município e levado para outro, onde circulam livremente por não haver fiscalização e são utilizados para ações de assaltos e homicídios. “Só tem uma forma de combater isso e intensificando as abordagens”.

Segundo ele, a polícia não exigirá carteira de habilitação dos condutores, apenas a documentação do veículo para saber se o mesmo não é fruto de algum crime. “Já tem chegado denúncias por parte da população que aqui em Tamboril há motos roubadas e que são usadas para crimes”, ressaltou.

A ação foi adotada após reunião com o Ministério Público e que resultou em entendimentos para se efetivar uma segurança mais preventiva objetivando dar mais segurança ao cidadão de bem. Outro assunto discutido entre junto ao promotor de justiça foi à efetivação dos serviços do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) por parte da gestão do município no sentido de melhorar as condições do trânsito em nossa cidade.

Na quarta-feira (16), a polícia frustrou uma ação de uma dupla armada que utilizava uma moto 2016/2017 que ainda nem havia sido emplacada. O veículo foi abandonado e a moto está apreendida na delegacia.

Em conversa com a reportagem do Jornal A HORA DA VERDADE da Feiticeiro Fm, os sargentos Siqueira e Glaubio Campos falaram sobre o assunto e destacaram outros assuntos na matéria.

Ouça entrevista completa no player abaixo.

 

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm

error: Conteúdo Protegido !!