Destaques

Problemas no CPF devem impedir recebimento do dinheiro do auxílio emergencial

As pessoas que não têm CPF ou que tiverem o documento suspenso podem não receber o auxílio emergencial de R$ 600 oferecido pelo Governo Federal. Com pagamento realizado pela Caixa Econômica Federal(CEF), é preciso estar com a situação do CPF em dia já que deve ser criada uma conta virtual por onde ocorrerá o recebimento do dinheiro.

Desta forma, quem estiver com o documento cancelado, ou mesmo não tê-lo, não terá como receber o pagamento, que visa auxiliar autônomos, microempreendedores individuais e beneficiários do Bolsa Família em meio à pandemia provocada pelo novo coronavírus.

No caso de pessoas com o CPF irregular diante da Receita Federal, é possível regularizar a situação por meio do site do próprio órgão fiscal. Para acessar o site da receita e verificar a situação cadastral, basta clicar aqui.

Durante coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira, 7, representantes do Ministério da Cidadania, da Caixa Econômica Federal e da Dataprev divulgaram informações relativas ao auxílio emergencial concedido pelo Governo Federal durante a pandemia da Covid-19.

Divididos em três agrupamentos, os beneficiários que poderão receber o auxílio são aqueles que possuem Cadastro Único (CadÚnico), trabalhadores que cadastrados pelo aplicativo ou pelo site “Meu CadÚnico” e as pessoas que já recebem o Bolsa Família.

(Com informações do O POVO)

Compartilhe:

Comente com Facebook

Feiticeiro Fm